Companhias aéreas são condenadas a pagar esmalte e maquiagem de comissárias

Pílulas Vermelhas

É isso mesmo, pessoal. Não entenderam errado. A palavra se encaixou perfeitamente, “condenadas”. Isso é o estado ajudando as mulheres a ficarem mais bonitas!

A Gol foi condenada pela Justiça do Trabalho de Santa Catarina a pagar a uma comissária o valor de R$ 100 por mês trabalhado como ressarcimento de gastos efetuados com manicure, depilação das sobrancelhas e maquiagem. A empresa chegou a recorrer ao TST, mas o recurso foi negado em agosto. Seguindo a onda, o TST condenou juntamente a Latam.

No processo, a empresa alegou que havia apenas uma mera recomendação da empresa no sentido de usar maquiagem. Claro, ninguém é obrigado mas boa aparência ajuda em tudo nessa vida!

Muita vezes os empregados inventam coisas, mentem, pois sabem como funciona a justiça trabalhista aqui no Brasil. Os empresários são todos ricos, estão lá por pura sorte, eles que se virem! Na pior das hipóteses, se o empregado perder o processo, nada acontece, então o que custa tentar ganhar um dinheirinho? Mas em uma dessas, o juiz pode literalmente acabar com o empreendimento.

Consequências para elas? Se a moda pegar e o valor tiver que ser pago para todas as comissárias, isto será descontado do salário e/ou haverá preferência por homens no cargo. Parabéns!

Fonte: Economia UOL, ANCAPSU.

Gostou? Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *